Menu

Von Braun: Trabalhadores recusam contraproposta e reforçam reivindicações

Em assembleia nesta quarta-feira, dia 6, os profissionais do Instituto de Pesquisa Wernher von Braun recusaram a contraproposta da empresa para a campanha salarial 2017/18. A reunião foi marcada por um intenso debate entre os participantes, que argumentaram diferentes motivos para a aprovação ou recusa das condições oferecidas.

Por 20 votos a 12, a recusa foi deliberada e os funcionários e funcionárias presentes concordaram em reivindicar três itens considerados fundamentais: A aplicação de um plano de previdência complementar; ampliação da licença paternidade para 15 dias e implementação de um sistema de avaliação e promoção de cargos e salários.

Na próxima semana, o Sindicato solicitará uma nova reunião de negociação junto à empresa, na qual serão apresentadas as reivindicações definidas hoje. Assim que a direção do Instituto apresentar sua resposta, uma nova assembleia será convocada para deliberação dos funcionários e funcionárias.

Outros importantes pontos abordados na assembleia foram os impactos da “reforma” trabalhista nas relações de trabalho e a necessidade da sindicalização neste momento de ataque aos direitos trabalhistas. Sem o fortalecimento da representatividade sindical, via associação dos trabalhadores, será impossível manter a atuação do SINTPq nas próximas campanhas salariais do Instituto Wernher von Braun.

Seja sócio e ajude a fortalecer sua entidade representativa. Juntos fazemos a diferença!

voltar ao topo