Menu

Comunicação

Daitan: Sindicato concorda e assina antecipação da PLR

A direção da Daitan procurou o sindicato buscando antecipar o pagamento da segunda parcela da Participação dos Lucros e Resultados (PLR). Neste cenário de pandemia, seria inviável realizar assembleia para tratar do assunto. Além disso, o SINTPq não deseja impor empecilhos para o recebimento de qualquer tipo de bonificação, sobretudo neste momento de crise, em que empresas da categoria já buscam reduzir salários e jornada.

Considerando os fatores mencionados, o sindicato concordou com o adiantamento. Entretanto, o acordo de PLR será assinado somente após a realização de assembleia. Dessa forma, a PLR será discutindo coletivamente assim que possível e, havendo novas reivindicações e entendimentos, as diferenças e adequações poderão ser implementadas.

O pagamento será feito no primeiro dia útil de maio. Todos os detalhes da PLR estão disponíveis no documento abaixo. Confira e compartilhe este comunicado com seus colegas. Quanto mais profissionais informados, melhor.

PLR Daitan

*Correção em relação ao documento redigido pela empresa: Onde se lê "0,89%", considerar 89%.

Assim como a Daitan, o sindicato entende que a antecipação será benéfica neste cenário de incertezas. O SINTPq está em frequente contato com a empresa conferindo juridicamente suas ações, negociando benefícios e resolvendo problemas internos. Infelizmente, esse trabalho nem sempre é notado e reconhecido por todos, mas mesmo assim ele é constante.

Em relação ao Covid 19, o SINTPq segue em diálogo com todas as empresas da base para minimizar os impactos da crise. Até o momento, foi possível evitar demissões e as tentativas de redução salarial na categoria. Outra questão fundamental para o sindicato é garantir condições seguras no retorno ao trabalho presencial. Apesar da distância, o SINTPq segue operando e aberto para eventuais dúvidas, denúncias ou sugestões.

1º de Maio terá ato virtual organizado pelas centrais sindicais

O atual governo tem tomado uma série de medidas que prejudicam os trabalhadores e afetam seus direitos, com a edição de emendas constitucionais e medidas provisórias perversas, sob a falsa alegação de garantia de empregos, quando na verdade a intenção é a redução do custo do trabalho para financiar a crise e o lucro capitalista. A pandemia deixa claro o caráter classista que o presidente e seus aliados têm, inclusive daqueles que o ajudaram a se eleger. Enfrentando tantos percalços, o Dia Internacional do Trabalhador ganha um valor de luta ainda maior. Se opor às injustiças do governo é essencial para manutenção dos direitos dos trabalhadores de todas as bases e classes sociais.
Diferente de outros anos, dessa vez os atos públicos presenciais foram cancelados para evitar aglomerações e respeitar o isolamento social. O SINTPq reforça que é importante que os trabalhadores respeitem as regras da OMS e fiquem protegidos até que a situação se normalize. Ainda sim, a tecnologia permite que diversos “atos online” ocorram para marcar esse 1° de Maio. Abaixo, é possível conferir algumas das programações para esse dia tão importante:

1° de Maio Solidário
Centrais sindicais, sindicatos e movimentos sociais preparam o 1º de Maio Solidário virtual, em defesa da saúde, do emprego e renda nesta sexta-feira.
As lives começam às 11:30h e contarão diversos músicos, de Zélia Duncan a Roger Waters.

1º de maio: A Psicologia em defesa dos direitos
Neste debate, as psicólogas convidadas irão discutir sobre o cenário atual das relações de trabalho e desemprego, especialmente no período da pandemia; a "flexibilização das condições de trabalho"; o direito ao trabalho decente e ao salário; as condições de trabalho e saúde das/os trabalhadoras/es; as implicações do trabalho na saúde (mental e física).

Palestra com o economista e professor da Unicamp Marcelo Manzano
É possível aumentar a dívida pública sem destruir o país? Esse é um dos questionamentos que o professor Manzano propõe debater na live que será realizada nesta sexta-feira (1), às 16h.

 

Covid 19: SINTPq segue acompanhando de perto as ações da Amazul

Desde o início da crise do coronavírus, o SINTPq segue atento às movimentações da Amazul. A cada questionamento levantado pelos trabalhadores, o sindicato buscou esclarecimentos diretamente com a direção da empresa. Com a flexibilização da quarentena, a vigilância do SINTPq ficará ainda mais constante.

Em relação ao comunicado enviado hoje pela Amazul, o sindicato verificará cada item com o seu jurídico. Após receber parecer sobre cada tópico, o SINTPq enviará resposta aos funcionários. Caso haja alguma irregularidade, as medidas necessárias serão tomadas.

Quando ocorrer o retorno às atividades, seja ele parcial ou total, uma série de medidas de segurança deverão ser tomadas. Distanciamento entre os funcionários (o máximo possível), disponibilização de álcool em gel, uso de máscaras faciais e proteção aos grupos de risco são algumas delas. O SINTPq estará atento a esses cuidados e seguirá aberto para que os funcionários enviem denúncias, dúvidas ou sugestões.

O SINTPq segue em diálogo constante com todas as empresas da base para minimizar os impactos da crise. Até o momento, foi possível evitar demissões e tentativas de redução salarial na categoria.

Você pode contribuir com o trabalho do sindicato convidando seus colegas para o grupo de comunicados no WhatsApp. Quanto mais profissionais informados, melhor. Também é possível ajudar seguindo o SINTPq no Instagram (@sintpqoficial) e participando das lives que estão sendo realizadas.

Live no dia 27/04 tira dúvidas sobre aposentadoria dos empregados públicos

Na próxima segunda-feira (27), às 13h, a advogada previdenciária Maisa Rodrigues de Moraes, que integra a equipe do escritório Advocacia Cremasco, estará ao vivo no Instagram do SINTPq tirando dúvidas sobre previdência.

A live será dedicada especialmente para os empregados públicos. Se você já tem perguntas em mente, envie um email para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.. Não perca essa chance de tirar suas dúvidas com uma advogada especialista.

Siga o sindicato no Instagram e confira essa e muitas outras lives que estão programadas. O endereço do perfil é @sintpqoficial .

 

Lives do SINTPq mantêm contato com a categoria

O sindicato tem promovido uma série de lives para abordar temas de interesse dos trabalhadores e das trabalhadoras. Trazendo diversos convidados especialistas, em cada live um tema é abordado ao vivo através do Instagram do SINTPq, onde os espectadores podem interagir e enviar perguntas. Caso tenha perdido as transmissões, nos links abaixo você encontra o vídeo das lives já realizadas:

Situação da categoria em meio ao Coronavírus e as ações do sindicato

Debate sobre a MP 936 com a advogada Thais Cremasco

Trabalhadores da Amazul tiram dúvidas com advogado

Dúvidas sobre o regime Home Office com a advogada Thais Cremasco

SINTPq e psicóloga Mariana Amaral dão dicas e tiram dúvidas sobre saúde mental na quarentena

SINTPq e advogada previdenciária tiram dúvidas sobre aposentadoria dos empregados públicos

SINTPq e advogada trabalhista comentam segurança no trabalho após a quarentena

A importância da ciência no combate ao coronavírus

A questão racial na ciência e tecnologia

 

Agenda: Confira as próximas lives do SINTPq

Na próxima segunda-feira (4), às 17h, o diretor do SINTPq, Régis Norberto, e a psicóloga, Mariana Amaral estarão em uma live na página do sindicato no Instagram. Durante a transmissão, eles falarão sobre problemas psicológicos relacionados ao trabalho, como estresse, esgotamento e ambientes de trabalho tóxicos. 

Para ficar por dentro das próximas lives e acompanhar outras transmissões, siga as páginas do SINTPq nas redes sociais.

Instagram SINTPq

Facebook SINTPq 

Assinar este feed RSS