CPqD: Campanha Salarial ganha novo fôlego

12/01/2016

No dia 19 de janeiro, SINTPq e CPqD realizam uma nova rodada de negociação, na qual deverá ser apresentada a contraproposta da empresa para os índices econômicos do Acordo Coletivo de Trabalho 2015/2016

Considerando o último comunicado da direção do CPqD sobre os resultados de 2015, que apresentou uma diminuição considerável das dívidas de empresas com o Centro e recordes de vendas, o SINTPq espera que a instituição entre em um novo momento, com novas perspectivas para 2016 e os devidos reconhecimentos aos esforços dos trabalhadores ao longo dos tempos e principalmente neste período recessivo.

Em novembro de 2015, após os números apresentados pelo CPqD durante as negociações, o sindicato entendeu e atendeu a solicitação da empresa para que as negociações fossem retomadas em janeiro. Essa atitude, apesar de frustrar um reajuste salarial ainda em novembro, trouxe agora a possibilidade de discutirmos a Campanha Salarial em outros patamares, pois contornada a situação de dificuldade com o esforço de todos, chega o momento de valorizarmos o capital produtivo da empresa, que são os profissionais e o seu conhecimento. É hora de avançarmos nas conquistas e na manutenção dos direitos. É hora da nova direção do CPqD mostrar a relevância do seu corpo de funcionários e da continuidade deste trabalho de participação coletiva.

O “Projeto Transformar” deve ser continuado nas perspectivas apresentadas no último boletim do sindicato, mas uma tarefa é urgente: no próximo dia 15 encerra-se a consulta pública do Ministério das Comunicações sobre o novo marco regulatório de telecomunicações. Quais são as contribuições do CPqD no debate sobre o futuro das telecomunicações no país?