CPqD-Prev: Assembleia com beneficiários da ação apresenta detalhes do processo

21/07/2017

O SINTPq realizou na noite de ontem, dia 20, assembleia com os beneficiários da ação movida pelo Sindicado em função de irregularidades praticadas no plano de previdência complementar. No encontro, foram apresentados os detalhes do processo iniciado em 2008 e os valores aos quais cada trabalhador e trabalhadora terão direito. Os presentes também tiveram a oportunidade de tirar suas dúvidas com os advogados do Sindicato responsáveis pela ação.

A primeira parcela da indenização terá o maior valor e será paga entre os dias 20 e 25 de agosto, as 24 restantes serão depositadas no mesmo período dos meses seguintes. Os beneficiários que não estiveram na assembleia devem comparecer ao Sindicato até o dia 10 de agosto para assinar o termo de acordo do processo. Caso não venham até essa data, não será possível fazer o pagamento da parcela de agosto no prazo estabelecido e o montante será depositado somente com a parcela de setembro.

Antes de comparecer ao Sindicato, os beneficiários que não estiveram na assembleia devem enviar e-mail para o endereço processos@sintpq.org.br informando a data e horário que pretendem fazer a visita. O horário de atendimento do SINTPq é de segunda a sexta-feira, entre 8h e 17h.

A sentença do processo está disponível no link, o documento poderá ser útil na declaração de Imposto de Renda, uma vez que o M. Juiz Aparecido Batista de Oliveira determinou que os valores não serão tributáveis.

Ao todo, são 129 trabalhadores e trabalhadoras contemplados com a ação. Caso você conheça alguns desses profissionais que não atuam mais no CPqD, informe-os sobre o processo e a necessidade de comparecimento ao Sindicato. A lista de beneficiários está disponível no site do SINTPq.

A vitória no processo foi resultado de nove anos de luta do Sindicato nos tribunais. Hoje, após tamanho embate, é uma satisfação muito grande para o SINTPq poder garantir os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras prejudicados no passado.

Confira o vídeo publicado pelo SINTPq e entenda melhor o processo.