CTC: diálogo produtivo na noite de quinta-feira

04/02/2013

>

O prim­eiro encontro entre SINTPq e trabalhadores do CTC (Centro de Tecnologia Canavieira), realizado na noite de quinta-feira, dia 31, foi um momento importante para que os diretores do Sindicato falassem da  trajetória da instituição, de suas conquistas e de sua atualidade (ver apresentação) e para que os profissionais contassem sobre a realidade vivenciada na empresa.

O Sindicato e a direção do CTC já discutiram sobre a representação sindical porem não houve uma posição oficial da empresa sobre o assunto. Em março se paga o Imposto Sindical: um dia de trabalho recolhido compulsoriamente e depositado para o Sindicato.  Caso a empresa repasse o valor para o sindicato errado  ela poderá ter que efetuar o pagamento duplamente. 

A intenção é que a empresa reconheça o SINTPq sem a necessidade da ação judicial porém não abriremos mãos desse instrumento caso a mesma insista em sua posição de não acatar a legislação e a vontade dos funcionários. 

Na época do diálogo com a direção, um parecer do Ministério do Trabalho e Emprego que define a abrangência de atuação de ambos os sindicatos foi apresentado. Nele, o MTE diz que o SINTPq “representa trabalhadores que usando de conhecimento de diversas áreas (...)adaptam, estudam, analisam, processam, desenvolvem e/ou aperfeiçoam teorias, procedimentos metodologias ou ainda trabalhos e documentos científicos, especificações, relatórios, processos ou protótipos”. E o SEEAC (Sindicato dos Empregados e Agentes Autônomos do Comércio em Empresas de Assessoramento, Perícias e Pesquisa de Informações de Empresas de Serviços Contábeis de Campinas-SP)  “representa os trabalhadores do campo de pesquisa de informações, ou seja, pesquisa de opinião publica”. A nota técnica está relacionada ao processo nº 46000.002236/2006-85 e disponível na integra aqui.

“Nós temos outras decisões em casos semelhantes favoráveis ao SINTPq e vamos trilhar o caminho jurídico para o reconhecimento da representação, isso é fato. Outra frente é junto com os trabalhadores para construir a nossa presença dentro da instituição”, explicou o Presidente Régis Carvalho.

 

Atualidade

Há menos de um ano, a direção do CTC foi modificada e hoje o novo diretor é José Gustavo Teixeira Leite, que inclusive foi dirigente também da Monsanto, empresa da mesma área de atuação e que faz parte da base do SINTPq. Outra alterações foi na forma jurídica, a empresa passou de uma entidade sem fins lucrativos para sociedade anônima. As mudanças deixaram os trabalhadores receosos o que ampliou o desejo por um sindicato forte e que conheça a realidade de empresas semelhantes.

 

Atuação do SINTPq 

Devido a diversidade de perfil das empresas da base do Sindicato, as Campanhas Salariais são feitas individualmente. O SINTPq, assim que tiver o reconhecimento por parte da empresa - nem que seja judicialmente, desenvolverá suas ações para melhorar as relações de trabalho buscando sempre a representatividade participativa.

O SINTPq agradece a todos que participaram e à direção do Sindicato dos Bancários de Piracicaba por gentilmente ceder suas instalações para o encontro e manterá os funcionários do CTC informados do andamento da representação sindical.

Estiveram presentes pelo sindicato os Diretores:  Régis Carvalho (Presidente), Austregésilo Gonçalves (Comunicação), Geraldo Antunes (Sec. Geral), Márcio Martins (Infraestrutura), Paulo Porsani (Finanças) e Rubem da Silva (Diretor).

O Sindicato solicita publicamente que o Diretor Gustavo Leite receba a direção do SINTPq para uma reunião.