CTI Renato Archer oferece curso superior em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

14/06/2013

ão abertas até dia 14 de junho (sexta-feira) as inscrições para o curso superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas do Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI). O curso é a primeira graduação oferecida em uma instituição de ensino federal em Campinas e foi elaborado em parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP).

No CTI Renato Archer a capacidade total deve chegar aos 300 alunos. Segundo informações do Plano Diretor do IFSP, será criada ainda outra unidade na região do Campo Grande que deve atender a 1200 alunos com previsão de funcionamento a partir de 2016. Os campi irão oferecer cursos de ensino médio integral profissionalizante, cursos técnicos, cursos de graduação e pós-graduação.

Como participar?

As 40 vagas do curso são disponibilizadas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e para se inscrever é necessário que o estudante ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2012 e não tenha tirado zero na redação.

A primeira chamada está marcada para o dia 17 de junho e a segunda chamada deve ocorrer no dia 1º de julho. Ao todo, serão oferecidas 39.724 vagas em 1.179 cursos de 54 instituições de ensino superior.

O curso

De acordo com informações do IFSP o curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas forma profissionais para atuarem na área de TI por meio da análise, projeto, desenvolvimento, gerenciamento e implantação de sistemas de informação computacionais direcionados para o mercado de trabalho.

O técnologo é apto a desenvolver e implantar sistemas informatizados, administrar ambientes informatizados, prestar suporte técnico e treinamento ao cliente, elaborar documentação técnica, coordenar projetos e pesquisar novas tecnologias.

CTI Renato Archer

O Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer é uma unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) que atua há mais de 30 em pesquisa e desenvolvimento na cidade de Campinas, atendendo a demandas de todo Brasil.

Além da forte atuação no setor privado, o CTI Renato Archer tem se direcionado para o atendimento de políticas públicas de todas as esferas de Governo, com ênfase na Política Nacional de Direitos da Pessoa com Deficiência (Viver sem Limite), Política Nacional de Resíduos Sólidos (Ambientronic), Política Nacional de Tecnologia da Informação (TI Maior), Política Nacional de Alerta Antecipado de Catástrofes, Política Nacional de Microeletrônica (CI Brasil), entre outras.