Em assembleia, profissionais da Eurofins encerram campanha salarial

19/09/2017

Os trabalhadores e trabalhadoras da Eurofins aprovaram a contraproposta da empresa e encerraram a campanha salarial 2017/18. A decisão foi votada em assembleia na sexta-feira, dia 15.

O Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) aprovado estabelece a recomposição salarial conforme o IPCA do período (2,71%) e 0,7% de aumento real, totalizando 3,41% de reajuste. Os pisos salariais para Auxiliar de Serviços Gerais e Auxiliar de Laboratório passarão para os valores de R$ 1.488,78 e R$ 1.599,44, respectivamente.

O auxílio alimentação será reajustado para R$ 22,00 e a licença maternidade passa a ter 130 dias de duração. O tempo para compensação das horas negativas ou positivas no banco de horas permanecerá em 60 dias, conforme solicitação dos funcionários durante a assembleia.

Sindicato e empresa farão agora a assinatura do ACT e o registro do mesmo no Ministério do Trabalho. Assim que essa etapa for concluída, o documento estará disponível para consulta no site do SINTPq.

Insalubridade
Outro ponto discutido durante a assembleia foi a averiguação de condições insalubres na empresa. O engenheiro de segurança no trabalho contratado pelo Sindicato avaliou os relatórios da Eurofins e fará uma visita à empresa. O objetivo é averiguar duas áreas de trabalho que podem ser enquadradas como insalubres.

A prestação de serviços como esse demanda recursos. Atualmente, o baixo número de associados ao Sindicato na Eurofins não contempla esse custeio.

Com o término do imposto sindical, o SINTPq se manterá apenas com a renda oriunda de seus sócios. Com essa nova realidade, associados de outras empresas, em que a filiação ao Sindicato é expressiva, não poderão arcar com os custos de campanhas salariais diferentes da sua. Dessa forma, sem a ampliação do número de sócios na Eurofins, será impossível manter as conquistas e benefícios.

Os sócios do Sindicato contribuem com 1% do salário líquido mensal e, além da representação, contam com benefícios como apartamentos na praia, assessoria jurídica e convênios com universidades, escolas de idiomas, agências de viagem, entre outras opções.

Os profissionais da Eurofins devem refletir e avaliar se querem avançar nas melhorias das condições de trabalho e salários em sua empresa. Caso a resposta seja sim, a associação será a única alternativa.