IPT: Plano de saúde ficará 50% mais caro para os trabalhadores

12/02/2016

Em reunião realizada hoje, dia 12, o diretor de Pessoas e Sistemas do IPT, Tercio Augusto Garcia Jr, confirmou ao sindicato que a atual responsável pelo convênio médico será substituída pela Caixa Seguro Saúde. A empresa foi a única a participar do pregão realizado na última sexta-feira, dia 5. Com a mudança, o valor pago pelos trabalhadores atualmente será reajustado em 50%. 

O SINTPq solicitou ao Instituto o congelamento do valor pago pelos funcionários no benefício até que se iniciem as discussões da Campanha Salarial 2016/2017, a resposta foi não. Ainda assim, sindicato e trabalhadores esperam que a reivindicação seja avaliada pelo restante da direção do IPT e que uma resposta seja apresentada aos funcionários o quanto antes.

Demissões

A direção do IPT confirmou na reunião que demissões serão feitas em breve. O SINTPq, por sua vez, cobrou do Instituto que esse processo seja feito de forma honesta e pautado em critérios justos. "Existem cargos com salários acima da média no IPT, com funções e desempenhos questionáveis", afirmou o presidente do sindicato e também trabalhador do IPT, Regis Norberto. Para o SINTPq, a manutenção desses postos é incompatível com a situação econômica da empresa, que, segundo seus diretores, é de extrema dificuldade.

O sindicato acompanhará os desligamentos de perto, uma vez que conforme o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) vigente é “facultado ao SINTPq, mediante solicitação, o acompanhamento de processos de dispensas e aplicação de penalidades a empregado”.

Filie-se ao SINTPq. Aqui você tem apoio!