IPT se posiciona sobre reivindicações da Campanha Salarial - 2011

31/05/2011

 

p;

 

IPT se posiciona sobre reivindicações
da Campanha Salarial - 2011


Foi realizada no dia 25 de maio, quarta-feira passada, a segunda reunião para a negociação da Campanha Salarial 2011. Participaram do encontro representantes dos empregados, do SinTPq e do IPT. Na data, o Instituto apresentou a posição que a diretoria adotará na negociação com o Governo do Estado de São Paulo (GESP).

A novidade adotada neste ano pelos representantes do IPT, foi a proposta de levar apenas alguns dos 18 itens da pauta de reivindicação dos empregados para a mesa de negociação.

Segundo o IPT, apenas parte das 18 reivindicações, escolhidas em assembleia pelos trabalhadores, tem condição de ser aceita pelos órgãos de Governo. No entanto, deixa claro que caberá ao GESP o aceite total ou parcial, bem como a negativa às solicitações que serão encaminhadas.

Até 2010, o próprio IPT negociava as reivindicações, aceitando ou não, e depois pedia aprovação do GESP.

Os representantes dos empregados cobraram um posicionamento formal contendo a posição que será levada para o GESP (o que não tinha sido efetivado até o fechamento deste boletim).

O Sindicato divulgará a proposta apresentada em mesa de negociação assim que tiver de forma oficial uma resposta da Diretoria do IPT sobre todas as reivindicações dos trabalhadores.

Para se manter informado e ter mais detalhes sobre as negociações da campanha salarial 2011/2012 procure e converse com os representantes dos trabalhadores.