Sindicato e trabalhadores do CPqD debatem alternativas para a campanha salarial

25/11/2016

Desde a manhã de ontem, trabalhadores do CPqD têm entrado em contato com o SINTPq solicitando mudança na data da assembleia, que passaria de segunda-feira para a tarde de hoje. Outro grupo de profissionais está se mobilizando para promover esse adiantamento, seguindo o estatuto do Sindicato.

O SINTPq encara com muita satisfação o empenho demostrado pelos trabalhadores, que buscam uma rápida solução para a campanha salarial. Entretanto, é importante ressaltar que a realização de uma assembleia que poderá deliberar a retirada de uma ação trabalhista deve tomar todas as precauções jurídicas necessárias.

Funcionários atualmente desligados e que trabalharam na empresa entre novembro de 2015 e outubro de 2016 não estão sendo contemplados pela proposta do CPqD no que tange à correção salarial e isso poderá ser questionado judicialmente. Se a assembleia não for devidamente convocada, respeitando os prazos corretos e constando em seu edital todos os itens a serem debatidos e, eventualmente, deliberados, sua decisão poderá ser invalidada.

Diversas ideias e propostas alternativas às duas existentes estão sendo enviadas para o SINTPq por trabalhadores indignados com as condições apresentadas pela empresa e suas consequentes perdas. A diretoria do Sindicato agradece à participação ativa de todos e levará as sugestões e pontos levantados para discussão junto aos funcionários.

Perante essa situação, o SINTPq manterá a assembleia de segunda-feira, às 8h, e, caso uma das propostas seja aprovada, irá envidar esforços junto ao CPqD para que o pagamento ocorra ainda na folha deste mês. Hoje, todas as empresas, se quiserem, podem gerar folhas salariais complementares. O Sindicato acredita que a direção do Centro estará disposta a dialogar sobre essas possibilidades.