SINTPq apoia ação do MPT sobre refeitório no CTI

02/08/2016

O Ministério Público do Trabalho abriu investigação para apurar uma denúncia anônima sobre a situação do refeitório do CTI, que foi fechado há meses pela direção do Centro. O espaço poderia atender mais de 500 trabalhadores e bolsistas, divididos em CTI, FACTI e IFSP.

O SINTPq apoia a ação do MPT e na última sexta-feira, dia 29, protocolou petição requerendo o prosseguimento da mesma a colocando-se à disposição para contribuir e prestar quaisquer informações que sejam de interesse do Órgão.

Desde fevereiro, o Sindicato vem cobrando uma solução por parte da empresa, tendo realizado reunião com a direção do CTI e protocolado duas correspondências, datadas de 23 de fevereiro e 6 de março, exigindo a reabertura do refeitório.

O fechamento do refeitório tem gerado prejuízos aos profissionais e bolsistas do Centro, uma vez que o local encontra-se isolado e o deslocamento para refeição torna-se um transtorno.

Por isso, o SINTPq seguirá atuando e apoiando o MPT na luta pela reabertura do espaço com as adequações e com capacidade para atender toda a população de trabalhadores, estudantes e bolsistas que frequentam diariamente o Centro.

Não podemos ser indiferentes, uma vez que o CTI está aumentando em importância e se consolidando como referência e vanguarda em ciência e tecnologia.

Este benefício incentivaria decisivamente os jovens talentos a permanecerem em seus projetos científicos.