Trabalhadores do IPT deliberam mobilizações contra reajuste no plano de saúde

27/03/2017

Os trabalhadores do IPT se reuniram hoje em assembleia para discutir a crítica situação do plano de saúde da empresa e suas possíveis alternativas. O encontro contou com participação expressiva dos IPTeanos e IPTeanas, que demonstraram toda sua indignação com mais esse ataque aos seus direitos e com o desrespeito demonstrado pela direção do Instituto.

Após participativo debate entre Sindicato e funcionários, foi deliberado o protocolo de um ofício junto à empresa reivindicando que o abusivo reajuste na mensalidade do plano de saúde não seja repassado aos profissionais, sendo custeado pelo IPT (Confira o documento). Caso a direção do Instituto não apresente uma resposta até quinta-feira ou não aceite a demanda dos trabalhadores, uma paralisação será feita na sexta-feira, dia 31, na portaria da empresa.

Os trabalhadores deixaram claro que não aceitarão mais esse prejuízo e estão preparados para iniciar uma grande mobilização na sexta-feira, caso o desrespeito por parte da direção do IPT continue. Se a diretoria do Instituto quer manter suas atividades, atenda as reivindicações dos funcionários, caso contrário, o IPT acordará no dia 31 com os portões fechados!

Outra mobilização deliberada na assembleia de hoje foi a promoção de um abaixo-assinado exigindo que o reajuste não seja repassado aos trabalhadores. O documento será entregue na reunião do conselho administrativo do IPT, que ocorrerá nesta sexta-feira. Nos próximos dias, o SINTPq estará coletando assinaturas na saída do refeitório durante o almoço. Se você também é contra mais esse abuso, manifeste sua indignação e contribua com o abaixo-assinado!

VENHA DEFENDER SEU DIREITO! VENHA DEFENDER SEU BENEFÍCIO!