Menu

FIPT segue sem apresentar contraproposta para a campanha salarial

Passados mais de 80 dias da data-base, estabelecida em 1º de junho, a direção da FIPT ainda não apresentou sua contraproposta para as reivindicações dos trabalhadores e trabalhadoras.

As demandas para esta campanha salarial foram definidas em assembleia no dia 22 de março. Dois dias depois, o SINTPq protocolou a pauta de reivindicações junto a empresa, que desde então segue sem apresentar respostas.

Diversas cobranças foram feitas nesse período. Em conversa no dia 8 de agosto, o presidente da FIPT, Dr. Adriano, afirmou que esperava apresentar resposta o mais rápido possível. Entretanto, o silêncio continua e os profissionais da Fundação seguem sem reajuste em seus salários e benefícios.

Diante de tamanho descaso, o SINTPq seguirá exigindo respostas e espera que, ao menos, a empresa apresente uma contraproposta digna de aprovação em assembleia. Essa seria a única forma de amenizar os prejuízos sofridos pelos funcionários após tamanha demora.

voltar ao topo