Após mais de 60 dias de espera, Eurofins remarca reunião negocial para 12/09

29/08/2017

As mudanças da “reforma” trabalhista entram em vigor apenas em novembro, mas parece que a Eurofins já incorporou o tratamento que será dado aos trabalhadores e sindicatos com a nova legislação. Com data-base em 1º de agosto, a campanha salarial terá sua primeira reunião de negociação apenas em 12 de setembro.

O SINTPq protocolou a pauta de reivindicações dos funcionários e funcionárias na primeira semana de junho, após assembleia em 31 de maio. Desde então, as negociações seguem sem avançar. Após diversas cobranças, uma reunião negocial foi agendada para sexta-feira, dia 25, mais de 60 dias depois da entrega das reivindicações. Entretanto, a direção da Eurofins remarcou o encontro, que agora acontecerá apenas no dia 12 de setembro.

Serão quase três meses de espera para a primeira rodada de negociação. Enquanto isso, os trabalhadores e trabalhadoras seguem sem reajuste em seus salários e benefícios.

Após inúmeras cobranças e tamanha demora por parte da Eurofins, o SINTPq espera que a empresa ao menos apresente no dia 12 uma contraproposta digna de aprovação em assembleia. Somente dessa forma os prejuízos causados pelo longo período sem respostas poderão ser amenizados.