CPqD: Assembleia na segunda-feira (28) decide rumos da campanha salarial

24/11/2016

Os funcionários do CPqD decidem na próxima segunda-feira (28), às 8h, a aprovação ou recusa das contrapropostas da empresa para a campanha salarial. O agendamento para esta data ocorreu em função da direção do Centro ter informado sobre a disponibilidade do auditório na tarde de ontem e os devidos trâmites e prazos legais para convocação precisarem ser respeitados, principalmente pelo fato de uma eventual aprovação da proposta 2 envolver desistência de ação trabalhista.

Conforme realizado na última assembleia, a votação será secreta e em lista. Em caso de recusa de ambas as propostas, o SINTPq irá debater a retomada das negociações com uma contraproposta formulada pelos trabalhadores ou o início de uma mobilização grevista. Persistindo o impasse, o Sindicato concorda em levar a discussão para a Gerência Regional do Trabalho, conforme mencionado pela própria empresa em comunicado recente aos seus funcionários.

Na manhã de hoje, dia 24, a direção do CPqD enviou oficialmente a íntegra de suas contrapropostas. Confira os documentos:

Proposta 1

Proposta 2

Andamento das negociações

Apesar de três paralisações terem sido promovidas para cobrar a retomada imediata das negociações, alguns trabalhadores estão acusando o SINTPq de faltar com agilidade na campanha salarial. Perante tais questionamentos, o Sindicato apresenta o calendário das negociações, no qual é possível perceber os significativos intervalos gerados pela ausência de respostas da empresa.

14/09 – Assembleia de formação de pauta de reivindicações

15/09 – Envio da pauta de reivindicações para a empresa via e-mail

16/09 – Protocolo da pauta de reivindicações junto à empresa

27/10 – Primeira reunião de negociação. Agendada pela empresa somente após mais de 30 dias de cobrança por parte do Sindicato

03/11 – Segunda reunião de negociação

10/11 – Assembleia para deliberação da contraproposta da empresa

11/11 – Paralisação na portaria do Polis exigindo agilidade nas negociações. CPqD afirma que só retomará as tratativas após 21/11

16/11 – Paralisação na portaria do Polis exigindo agilidade nas negociações

21/11 - Paralisação na portaria do Polis exigindo agilidade nas negociações

21/11 – Reunião de negociação

22/11 – Reunião de negociação

23/11 – SINTPq envia comunicado informando que marcará assembleia após confirmação do auditório por parte da empresa, respeitando os prazos legais para divulgação de edital

24/11 – CPqD envia íntegras oficiais de suas duas contrapropostas

28/11 – Assembleia

Perante tamanho esforço para dar um desfecho rápido às negociações, o SINTPq não aceitará acusações levianas e não assumirá a responsabilidade pelos significativos períodos em que a empresa não apresentou respostas aos trabalhadores. 

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

O Sindicato dos Trabalhadores em Atividades (Diretas e Indiretas) de Pesquisa e Desenvolvimento em Ciência e Tecnologia de Campinas e Região – SINTPq, convoca todos os trabalhadores da Fundação CPqD para que compareçam na Assembleia Geral Extraordinária que será realizada no próximo dia 28 de novembro de 2016, no auditório da empresa - Rua Dr. Ricardo Benetton Martins S/N - Polo II de Alta Tecnologia Campinas – /SP – às 08h00 em primeira convocação e não havendo quórum às 08h30 em segunda convocação com qualquer número de pessoas presentes para deliberar sobre a seguinte pauta:  1) Avaliação, discussão e deliberação das propostas da empresa para assinatura do acordo coletivo data-base 2016/2017 envolvendo a discussão do processo de dissídio coletivo que tramita sob n° 0005425-10.2016.5.15.0000; 2) Havendo recusa das propostas da empresa: Deliberação quanto à instauração de greve; 3) Discussão e deliberação para assembleia permanente; 4) Outros assuntos.

Régis Norberto Carvalho

Presidente - SINTPq