CPqD: Trabalhadores rejeitam contraproposta e aprovam paralisação amanhã às 8h

10/11/2016

Em assembleia com presença e participação histórica, mais de 680 trabalhadores deliberaram hoje, dia 10, pela recusa da contraproposta da empresa para a campanha salarial 2016/17 e para o dissídio coletivo de 2015. A decisão foi votada com ampla maioria, tendo 433 votos contrários à contraproposta, 244 favoráveis e quatro abstenções.

Durante a assembleia, que durou mais de três horas, os trabalhadores manifestaram ativamente seu descontentamento com o atual descaso praticado pela empresa em relação aos seus funcionários e exigiram a presença do presidente do CPqD para que ele ouvisse suas demandas e desse uma resposta para a campanha salarial.

Como o presidente da instituição não estava presente, Sindicato e funcionários deliberaram pela manutenção de assembleia permanente, que permite que novos encaminhamentos sejam definidos pelos trabalhadores sem a necessidade da convocação através de edital, e realizarão uma paralisação amanhã, entre 8h e 9h, para exigir uma resposta da direção do Centro.

A mobilização proposta para acontecer em frente ao Prédio 02, terá que ser realizada na portaria principal do CPqD, pois a empresa negou a solicitação do Sindicato, alegando que, em função das demais empresas do Polis, não poderá permitir manifestações em seu espaço interno.

A paralisação fará parte da assembleia iniciada hoje e, havendo concordância da empresa sobre a reivindicação dos trabalhadores, os funcionários poderão deliberar de imediato o fim da campanha salarial. Por isso, é fundamental a presença de todos neste momento.

Participe desse momento histórico de luta e mobilização e venha decidir os rumos da campanha salarial e o futuro da instituição. Hoje, os trabalhadores do CPqD deixaram claro que não aceitarão posturas desrespeitosas da empresa e estão dispostos a lutar por seus direitos.

PARALISAÇÃO AMANHÃ! 11/11

NA PORTARIA PRINCIPAL DO CPqD

DAS 8H ÀS 9H