IPT demite mais de 30, incluindo trabalhadores em tratamento médico

10/03/2016

Foi com perplexidade que recebemos a confirmação da demissão de diversos profissionais do IPT na tarde de ontem, dia 09.

Mais uma vez a Diretoria do Instituto, de maneira unilateral, simplista e açodada iniciou o processo de diminuição de gastos com a consequente pressão nas áreas técnicas e administrativas por profissionais tidos como “descartáveis” por suas chefias.

Encontrar alternativas que causassem menos traumas para os trabalhadores e que não abandonassem a missão do IPT foram deixadas de lado pela direção da empresa, que optou pelo imediatismo das demissões.

O SINTPq sempre se posicionou contrário a qualquer demissão, apontando casos de demitidos em tratamento de saúde – situação que pode resultar em passivos financeiros –, defendendo o processo histórico de realocação de profissionais dentro de outros grupos e afirmando categoricamente que, caso as demissões fossem efetivadas, o sindicato convocaria os trabalhadores para assembleias e manifestações na Secretaria de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia em defesa de seus empregos e do Instituto.

O SINTPQ CONVOCA TODOS OS TRABALHADORES PARA UMA MANIFESTAÇÃO EM MASSA CONTRA AS DEMISSÕES NA SEGUNDA-FEIRA, DIA 14, ÀS 9h EM FRENTE AO PRÉDIO 08.

VOCÊ IPTEANA, VOCÊ IPTEANO PODE SER O DEMITIDO DE AMANHÃ. COMPAREÇA, VENHA DEFENDER SEU EMPREGO, SEU DIREITO, VENHA DEFENDER O NOSSO IPT.