IPT: Dúvidas dificultam adesão ao novo plano de saúde

22/02/2016

Após os comunicados do IPT sobre o novo plano de saúde contratado, as dúvidas e incertezas referentes à escolha do plano, à inclusão ou exclusão de dependentes perante os novos valores praticados e à inconsistência da rede credenciada (disponibilizada no site da Caixa Seguros Saúde) têm aumentado a preocupação dos IPTeanos e IPTeanas.

O SINTPq está sendo procurado pelos trabalhadores para tirar dúvidas a respeito do novo plano de saúde, principalmente sobre quando os novos valores serão descontados em seus holerites, quando poderão fazer opção de qual plano aderir e quantos dependentes os salários poderão custear.

O sindicato entende que o Instituto e a empresa responsável devem, obrigatoriamente, informar os trabalhadores a respeito das condições do novo plano. Os funcionários não poderão sofrer qualquer tipo de prejuízo por uma decisão unilateral do IPT. Além do impacto financeiro, a alteração no plano de saúde pode trazer mudanças na qualidade do serviço oferecido. Por isso, a opção de adesão ao novo plano de saúde é uma decisão a ser pensada, discutida e decidida dentro do ambiente familiar.

O IPT e a nova administradora de saúde têm a obrigação de manter o prazo da primeira quinzena de mês de março para finalizar esse processo de escolha dos empregados. Dessa forma, o desconto da primeira mensalidade do novo plano - que será feita no quinto dia útil de abril – deve refletir a vontade e a opção de cada trabalhador.

Filie-se ao SINTPq. Aqui você tem apoio!