IPT: SINTPq apresenta resultado de pesquisa sobre fim do recesso

22/12/2016

Nesta semana, o SINTPq lançou uma pesquisa para ouvir e mensurar a opinião dos IPTeanos e IPTeanas sobre a decisão da diretoria do instituto de não contemplar o período entre o Natal e o Ano Novo como recesso para 2017.

O resultado desta pesquisa mostra que a maioria está descontente e insatisfeita com esta decisão unilateral. 98,9% se manifestaram contrários e apenas 1,1% votaram favoráveis ao fim do recesso em 2017.

As respostas foram organizadas na íntegra em um relatório, que preservou a identidade de cada participante, e o SINTPq dará publicidade ao mesmo para evidenciar o clima de revolta causado por tamanho retrocesso. O Sindicato não deixou de expor as manifestações favoráveis ao fim do recesso, mesmo uma delas sendo extremamente desrespeitosa com os profissionais da instituição. Confira o documento.

O SINTPq se sente honrado em “chamar a atenção promovendo uma ladainha nervosa”, como afirmado pela empresa, porque esta é a voz da grande maioria que, cada dia mais, não se sente segura em manifestar suas opiniões.

O compromisso diário do Sindicato é promover e intensificar o debate democrático, exercendo seu dever de representar a voz dos trabalhadores e de cobrar os patrões pelo cumprimento de suas obrigações, inclusive a mais básica: pagar os salários em dia!

A direção do SINTPq deseja que o IPT seja verdadeiramente reconhecido e que os trabalhadores possam acreditar e confiar nas palavras otimistas da diretoria do instituto.

Aproveitando a oportunidade deste comunicado, a diretoria do SINTPq manifesta seus votos por um natal com muita paz e um ano novo repleto de realizações para todos os trabalhadores e suas famílias. Que em 2017 possamos seguir caminhando juntos na luta por mais respeito e condições de trabalho cada vez melhores no IPT.