Assembleia do CPqD aprova Acordo Coletivo

28/10/2010

A assembleia dos trabalhadores do CPqD definiu pela assinatura do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) garantindo os ganhos obtidos na última negociação entre Sindicato e empresa.
Na assembleia foram apresentadas as propostas de continuidade nas negociações com objetivo de conseguir aumento real (proposta 1) ou aceitação das conquistas obtidas nessa última negociação (proposta 2). A decisão foi  através de votação secreta, na última quarta-feira (27/10).

Dos 465 votos válidos:
179  (38,5%) pela rejeitação da proposta do CPqD,
286  (61,5%) pela aprovação do ACT e
06 votos foram nulos.
Diferente do que vinha ocorrendo nos últimos 10 anos, este ano o CPqD apresentou em mesa de negociação alguns avanços, que foram votados e aprovados na assembléia desta quarta-feira. Quanto a reivindicação por aumento real, o CPqD manteve-se intransigente.

Veja os principais pontos que avançamos em nosso ACT:

- Aumento nos Índices das Promoções de 2%
  para 3,5%;
- Correção de 25% na nossa TPPM;
- Revisão do Plano de Carreiras;
- Liberação de dois dirigentes para ação sindical;
- Licença Paternidade de cinco dias úteis;
- Garantia de estabilidade no emprego no retorno
  das férias pelo mesmo período de gozo;
- Reajuste de um nível salarial para profissionais dos eixos T1 e T2 (em novembro).