Direção do IPT recebe Diretores do SinTPq

16/08/2011

aboração: Geraldo A. Pereira e Régis Norberto Carvalho

Aconteceu na manhã da última segunda, dia 15, uma reunião entre a direção do IPT e o SinTPq. A reunião foi solicitada pelo sindicato com o objetivo de obter informações sobre a campanha salarial 2011/2012.

Como sempre, para negociar as reivindicações dos trabalhadores do IPT, o Sindicato esbarra na falta de autonomia da direção do Instituto.  Os  questionamentos feitos pelos órgãos de análise do Governo estão  sendo respondidos pelo IPT. O CEDEC procedeu a analisar  em um mês e agora o CODEC está a uma semana analisando nosso pleito. A expectativa da Direção do IPT é que em breve um parecer final seja enviado a CPS e aí teremos uma resposta sobre a Campanha Salarial.

O SinTPq solicitou ao IPT um empenho maior nas tratativas, tanto a nível técnico-administrativo quanto político, com o intuito de buscar alguma resposta sobre os pareceres e um compromisso do Secretário Paulo Alexandre em defesa dos trabalhadores do IPT.

O SinTPq protocolou outros dois ofícios solicitando reuniões junto as secretarias de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, aos cuidados de Paulo Alexandre Barbosa, e de  Emprego e Relações da Trabalho, aos cuidados de Davi Zaia. O intuito é de sensibilizar os secretários de Estado para que ajudem politicamente no desenrolar da campanha salarial deste ano. Até o momento não obtivemos nenhum retorno das secretarias.

“A proposta de tentarmos uma conversa com esses dois secretários surgiu porque o Paulo Alexandre é quem responde pela pasta do IPT e Davi Zaia por ter um histórico sindicalista.  Esperamos que eles se sensibilizem e recebam o Sindicato para uma conversa  com o intuito de tomar ciência do pleito dos trabalhadores do IPT e da justeza das reivindicações uma vez que não estamos pedindo nada a mais do que aquilo que é oferecido à outras empresas do Governo do Estado de São Paulo”, comenta Régis Norberto, Diretor Secretário do SinTPq.

O Sindicato continuará cobrando uma resposta da diretoria do IPT, dos secretários de Desenvolvimento e do Trabalho para agilizar o atendimento das reivindicações dos funcionários do instituto.

Aguardemos !