Fundepag: diálogo com trabalhadores é intenso

23/04/2012

O SinTPq e os trabalhadores da Fundepag se reuniram mais uma vez na última semana para conversar sobre a representação sindical e a expectativas devido ao contexto dentro da Lanagro. Desde dezembro ocorreram várias reuniões entre o Sindicato e a categoria devido as diversas dificuldades, descontentamentos e dúvidas sobre direitos.

Hoje existem duas preocupações entre os trabalhadores. A primeira é com a licitação já ocorrida no setor administrativo e perdida pela Fundação; A segunda é o fim do contrato para a área de pesquisa entre Fundepag e Ministério da Agricultura que deve acontecer em 2013. 

O SinTPq entrou em contato com a fundação vencedora para saber como ficará a situação dos atuais trabalhadores da Fundepag que atendem a área administrativa e a  informação é de que o contrato ainda não foi assinado. A instituição se comprometeu a manter o Sindicato informado sobre o andamento do processo.

Sobre a área de pesquisa, além do fim do contrato, existe a possibilidade de concurso público. O Ministério da Agricultura já sinalizou sua possibilidade e isso encerraria o contrato de trabalho para os funcionários do setor.

Para atuar de forma unida, houve uma sindicalização em massa - 64 trabalhadores - como forma de fortalecer o Sindicato à defender os direitos já existentes. Outro ponto importante da união é a busca para que os trabalhadores tenham voz no processo de mudança de empresa e, assim, sejam menos prejudicados, por exemplo, com o aproveitamento de todos os funcionários pela nova empresa.

São cerca de 90 trabalhadores que atuam na Fundepag a maioria dentro da Lanagro, em Campinas, e quatro em Jundiaí. Os profissionais aprovaram por unanimidade a representação pelo SinTPq no final de 2011.