SinTPq participa de palestra sobre ética no IPT

13/07/2011

lizada na semana passada, a palestra ‘Ética e Convivência: e eu com isso?’, com Mário Sérgio Cortella, foi acerca da importância do Código de Ética do IPT (Instituto de Pesquisa Tecnológica). Aprovado em 2010, o documento busca mostrar quais as atitudes são desejáveis e quais são detestáveis dentro do Instituto. A abertura do evento foi realizada pela presidente do Comitê de Ética da empresa, Ros Mari Zenha, filiada do SinTPq e representante do Sindicato na comissão de C&T da cidade de São Paulo.

Para o diretor do SinTPq Regis N. Carvalho,  “A importância do Código está, necessariamente, na leitura e reflexão feita pelas pessoas sobre o assunto. Apesar de ser um documento desenvolvido para o coletivo, o assunto é muito individual”, comenta Carvalho, que ressalta que todos devem ficar alertas para que o Código de Ética não se torne uma ferramenta de manipulação do trabalhador.

 

Sobre a palestra

Mário Sérgio Cortella é filósofo, Doutor em Educação e Professor-Titular da PUC/SP, suas reflexões não ficam apenas no campo subjetivo, ele relaciona os valores á rotina de trabalho. 

Para o filósofo, ética é uma questão de opção, pois a condição obrigatória para que ela possa se efetivar é a existência da liberdade. O indivíduo tem que ter opção..

A construção da ética é um processo que envolve escolha, decisão e emissão de juízo. Cortella explica que devemos nos fazer três perguntas antes de decidir por algo que possa incorrer em ato não ético: Quero? Posso? Devo? Considerando estes parâmetros, o Código de Ética deve ajudar na construção de novos rumos para o IPT.

Sua fala foi sempre no sentido de relacionar ética, postura e humildade, “Um homem só deve olhar de cima para baixo para outro homem, se for para ajudá-lo a levantar” comenta. Ele também lembra que a finalidade do poder é servir, nunca servir a quem detém o poder.

No final, foi dada aos participantes a oportunidade de realizar perguntas.

[imagefield_assist|fid=606|preset=fullsize|title=|desc=|link=none|align=center|width=425|height=320]

 

O diretor Régis Carvalho ao lado de Cortella após a palestra.

Abaixo, Ros Mari Zenha no encerramento do encontro

 

[imagefield_assist|fid=608|preset=fullsize|title=|desc=|link=none|align=center|width=425|height=321]