Trabalhadores da Fundepag aprovam SinTPq para representação

20/12/2011

inTPq se reuniu com os trabalhadores da Fundepag (Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa do Agronegócio) na última quinta-feira, dia 15, para apresentar o Sindicato, sua atuação e debater a representação  sindical da entidade. 

Os profissionais apresentaram diversas dificuldades, descontentamentos e dúvidas sobre a atuação sindical. Eles também temem uma demissão em massa devido ao concurso público anunciado pelo Ministério da Agricultura para 2012. 

O presidente do Sindicato, Paulo Porsani, falou sobre as vantagens de serem representados por um sindicato específico para trabalhadores de pesquisa em ciência e tecnologia. “Fechamos os acordos coletivos em cada empresa separadamente, assim é possível adaptar o contrato com a realidade de cada local. E como atuamos focados em uma categoria é possível fazer movimentos para problemas comuns, como a falta de PCCS (plano de carreira, cargos e salários), faltas de investimento, reconhecimento da categoria, etc.”, explicou.

São cerca de 90 trabalhadores que atuam na Fundepag a maioria dentro da Lanagro, em Campinas, e quatro em Jundiaí. A assembleia contou com mais de 50% dos interessados, que aprovaram por unanimidade a representação pelo SinTPq.

Na segunda-feira, o SinTPq enviou à Fundepag uma carta informando da reunião e da aprovação. Agora, aguarda retorno da Fundação para encaminhar a decisão dos trabalhadores. 

 

Sindicalização

A falta de avanços nos acordos trabalhistas anteriores fez os funcionários da Fundepag desenvolverem uma consciência de mobilização em grupo. Os participantes da assembleia preencheram as fichas de sindicalização, além de começarem uma campanha com os colegas para também se filiarem reconhecendo a necessidade de um sindicato forte, atuante e autônomo.