Trabalhadores do CPqD constroem nova história ao aprovar dissídio

11/11/2011

Após a intransigência da direção do Centro nas negociações com o SinTPq e as tentativas de descaracterizar o acordo de trabalho como a forma correta para registrar os benefícios, os profissionais reunidos em assembleia optara por uma nova forma de lidar com a campanha. Pela primeira vez desde que o CPqD foi privatizado os trabalhadores optaram por levar à Justiça do Trabalho a Campanha Salarial.

A contraproposta da empresa contempla apenas o reajuste pelo IPCA, todas as outras reivindicações foram negadas sem ao menos justificativas plausíveis. Acompanhe os informativos produzidos e veja todos os argumentos pelos pedidos dos trabalhadores. 

Veja os informativos.